Programa

07 de Abril

8:00 - 8:30 Recepção e café de boas vindas

8:30 - 9:00 Previsto e realizado: Safra 2016/17

» Produção e a surpresa desagradável: a nova realidade para o rendimento agrícola do CS.

» Regime de competência e base caixa no registro da moagem de cana: distorções.

» Preços.

09:00 - 10:30 A safra 2016-17 e suas boas oportunidades para o produtor

» Preços do açúcar e etanol : mercados interno e externo.

» Custos de produção de cana, açúcar e etanol.

» Comercialização e rentabilidade para o produtor. O efeito da recuperação de preços.

» O NNE como boa opção comercial para o CSUL. Escala de produção versus escala de comercialização.

» A competitividade do etanol hidratado com a gasolina. Efeitos da nova política de preços da Petrobrás.

10:30 - 11:00 Coffee-Break

11:00 -12:00 Situação econômico-financeira do setor: melhorou. E dai?

Palestrante: Guilherme Pessini Carvalho / Itaú BBA

» Rentabilidade , endividamento.

» Gestão e seu efeito no resultado da atividade: política comercial, gestão de riscos, diversificação, custos.

» A viabilidade do negócio de açúcar e etanol no longo prazo.

» O papel do fornecedor de cana.

» O retorno dos processos de M&A.

12:00 - 13:00 A nova União Européia 2017 e os desafios para os paises exportadores de açúcar.

Palestrante: Andy Duff / Rabobank

» Eficiência técnica, custos de produção e competitividade global.

» Principais players.

» Produção esperada de 2017 e capacidade de produção.

» Exportações e importações.

13:00 - 14:00 Almoço

14:00 - 15:00 Mercados globais: incertezas continuam

» Economia mundial, economia brasileira e câmbio. O que esperar de suporte de preços para as commodiites.

» Petróleo e o acordo global dos produtores para limitar a produção. Vai funcionar?

» Açúcar: o que esperar dos balanços oferta-demanda no curto prazo e o efeito sobre os preços.

» Etanol: convivendo com Donald Trump, mudanças climáticas, petróleo barato, preços altos do açúcar, novas tecnologias?

15:00 - 15:45 A nova safra brasileira 2017-18: ainda com boas oportunidades para o produtor

» Clima.

» Moagem prevista de cana, rendimento agrícola e industrial, mix de produção açúcar-etanol.

» Oferta e demanda de açúcar. Exportações.

» Oferta e demanda de etanol. Exportações e importações.

15:45 - 16:15 Coffee-Break

16:15 - 17:00 Cenários de preços para a safra 2017/18

» Previsão mensal de preços.

» Câmbio.

» Preços previstos de açúcar em NY e Londres .

» Preços domésticos: açúcar e etanol no mercado interno – São Paulo.

» O que esperar dos preços de bagaço e energia elétrica.

» Pespectivas de médio prazo.